Atualmente, os consumidores possuem diversos canais para registrar reclamações e impressões das empresas e marcas que tiveram conflitos.

De acordo com uma pesquisa feita neste ano pelo HugMe, 45,83% das empresas começam a se preparar para a Black Friday em menos de 6 meses do evento acontecer. Em 2017, a mesma pergunta apontou 28% de empresas.

De 2017 para cá, temos 17,83% de aumento das empresas que se preparam com menor antecedência.

As empresas que se preparam com maior antecedência, logo após a Black Friday do ano anterior, são apenas 20%.

Sobre o número de reclamações, 53,49% disseram que permanece a mesma de dias normais, enquanto 34,42% afirmaram que cresce de 25% a 50% do valor normal, seguido por 12,09% que falaram que ocorre um avanço maior que 50%.

Mais: 49% dos brasileiros consideram Black Friday parcial ou totalmente confiável

Será que as empresas se prepararam para a Black Friday?

Antecedência de preparo das empresas para a Black Friday é essencial para a integração de seus departamentos internos, alinhamento de objetivos, análises de possíveis imprevistos e também mapeamento do seu público para focar em produtos atrativos para eles.

Segundo a mesma pesquisa feita pelo HugMe, 63,81% das empresas não realizam nenhum tipo de levantamento com o seu consumidor, em 2017, a mesma pergunta apontou 52% de empresas.

O consumidor possui uma expectativa dedicada ao produto e desconto oferecido pela empresa. Não cumprir com essa expectativa diante do consumidor faz com que ele não tenha a mesma confiança na empresa e a reputação da marca pode ser colocada em jogo diante do nicho que está incluído.

Pesquisar o consumidor e transformar a transparência dele em estratégia de marca na Black Friday, é o primeiro passo para um grande dia de sucesso.

Treinamento de equipe

57,51% responderam que fazem treinamento com a equipe para que estejam preparados para atender as demandas que chegam na data. Dessas empresas, 79,87% usam uma ferramenta de atendimento.

Treinar a equipe para dias de grandes movimentos e utilizar ferramentas de atendimento e monitoramento é um ótimo caminho para organizar e otimizar o atendimento ao cliente.

O cliente sempre busca atendimentos rápidos e resoluções descomplicadas. Saiba treinar sua equipe para um atendimento que renda mais vendas e soluções.

Maior horário de vendas

Segundo a pesquisa realizada pelo HugMe, 35% das empresas vendem mais das 14h às 18h. Um fator muito importante é estar disponível para qualquer demanda, principalmente nos momentos de maior movimento no site.

Veja abaixo o comparativo de horários que as empresas dizem ter mais movimento em seus sites:

grafico-5.png
Fonte: HugMe

 

Deixe uma resposta