Em comparação a qualquer outro modelo de resolução de conflitos on-line e com validade jurídica, a mediação é disparadamente a principal no mundo. Por isso, nos últimos anos têm ganhado notoriedade no cenário brasileiro!

A mediação on-line é um caminho pacífico para conseguir tratar um conflito mais complicado, mas, além disso, tem outros motivos suficientemente bons para ser escolhida. Então, listamos uma série de motivos para que você seja conquistado:

Mais: Agora o ReclameAQUI tem mediação on-line? Vamos entender!

Motivo 1: Acesso à justiça sem “juridiquês”

Ela viabiliza que qualquer cidadão tenha a oportunidade de participar de um processo de resolução de conflitos de um jeito simples e de fácil compreensão, justamente para aqueles sem formação jurídica. Além disso, na sessão on-line, a presença do advogado também não é obrigatória, permitindo que o mediador conduza a sessão de forma amigável e numa linguagem que ajude as partes a se entenderem.

Motivo 2: Liberdade para resolver

A mediação funciona somente quando todos os envolvidos participam direta e ativamente para encontrar uma solução. O acordo é construído levando em consideração o posicionamento de cada um sobre o problema. Diferente do Tribunal, as partes têm total controle sobre o resultado e, com menor desgaste emocional, as pessoas entendem que são protagonistas e podem se beneficiar da presença do mediador para tornar o ambiente cada vez mais amigável e colaborativo.

Entenda: Como funciona a mediação online?

Motivo 3: Economia com taxas

Nossa queridinha também pode te ajudar a economizar um dinheirinho extra ao não precisar se preocupar com custas e taxas judiciais. Além de também poder economizar com os honorários de profissionais que, nesse caso, não têm sua presença obrigatória. A mediação on-line é.

Motivo 4: Ensina sobre empatia

Como a mediação é fundamentada em bastante diálogo, ela tem a capacidade de criar uma reaproximação entre as pessoas em conflito. Assim, o mediador consegue ajudar na manutenção daquela relação, aumentando a empatia entre elas e o posicionamento quanto ao problema e colaborando para que assuntos mais delicados, como divórcio, definição de guarda de menor, partilha de bens, entre outros, sejam tratados sem tantos embates.

Motivo 5: Informalidade com validade jurídica

Ela é versátil. Não tem lugar obrigatório para acontecer e muito menos um estilo certo de roupa para colocar. Só precisa de internet para conectar-se à plataforma e pronto! A sessão pode começar! Mas o interessante é que essa informalidade não diminui o caráter de seriedade que a resolução de conflito deve ter. Ela é a mesma que a de uma sessão realizada no Tribunal, com toda a pompa já conhecida.

Conheça: Leegol, a plataforma de mediação do Reclame AQUI

Além de todos esses motivos, a mediação ainda tem na sua essência de abrir um espaço para que as pessoas consigam debater seus pontos de vista, os fazendo descobrir alternativas de solução de conflitos, a partir do olhar e do posicionamento do outro!

Eai? Será que ela conseguiu ganhar um espaço no seu coração?

Deixe uma resposta