Que a sua empresa já tem consciência sobre potencial das redes sociais, nós já sabemos! Mas, será que você está inteirado sobre os dados atuais referente a crescente presença do consumidor e uso desse canais?

Sendo assim, confira  8 fatos que relacionamos para deixá-lo mais informado.

#1 Dados sobre presença do brasileiro nas redes sociais

No Brasil, temos cerca de 139,1 milhões de pessoas acessando a internet, um índice de 66% da população. Entre 2016 e 2017 não houve mudanças, mas ainda assim um crescimento de 7% dos usuários nas redes sociais.

Desse modo, é preciso estar atento para essas informações sempre, estudos recentes comprovam porque faz tanto sentido agirmos focados também nas redes sociais.

Outros dados que talvez você não saiba:

  • As maiores redes sociais do Brasil são: Youtube, Facebook e WhatsApp;
  • Há mais celulares do que pessoas no Brasil;
  • O Youtube vence o Facebook em acessos aqui no Brasil;

Leia: 6 dicas importantes para aumentar o alcance orgânico nas suas redes sociais

#2 Tempo gasto pelo consumidor nas redes sociais

O brasileiro sempre se destaca dos outros com reações inusitadas em diversas situações. Fato tão recorrente que não poderia ser diferente no uso da internet e redes sociais.

Diariamente, o tempo médio gasto em navegação é de 9 horas e 14 minutos, dos quais, 3 e 39 minutos são de interação nas redes sociais. Isso, através de celular, tablet ou computadores.

Portanto, sem espantos, no ranking mundial, o consumidor brasileiro é o terceiro que passa mais tempo na internet, perdendo apenas para os filipinos (primeiro) e tailandeses (segundo).

#3 Rede social que os consumidores passam mais tempo

Todos pensam que é no Facebook que as pessoas gastam mais tempo, mas não é, a mídia que vence em maior tempo de navegação pelo consumidor brasileiro é o YouTube.

O ranking SimilarWeb mostrou que nós passamos, em torno de, 20 minutos e 33 segundos a cada vez que acessamos o YouTube. Por isso, nesse tempo acessamos 9,6 páginas do serviço. Dado relevante para sua empresa avaliar as possibilidades de trabalhar anúncios, propagandas e divulgações.

Em segundo lugar sim, vem o Facebook, onde gastamos 13 minutos e 55 segundos por acesso e no tempo de navegação 11,8 páginas por visita.

# 4 Ação de maior engajamento no Facebook

Os vídeos postados no Facebook apresentam um percentual de engajamento de 6,83% dos seguidores das páginas, seguido pelos links compartilhados, que mobilizam 6,46% (contra a média de 5,23% e 3,90% no restante do mundo). 

Na terceira colocação, com 5,84%, estão as ações em fotos. Desse modo, investir em publicações de vídeos nessa rede é algo muito efetivo. 

Mais sobre ações de vídeos? Leia: Entenda as métricas de gerenciamento de vídeos

#5 Mídia social mais usada

O Facebook também não é a rede social mais usada pelo brasileiro, a rede mais usada é o Youtube. Dos entrevistados pela Global Web Index, entre 16 e 64 anos , 60% declararam utilizar a plataforma de vídeos, contra 59% que falaram que usam o Facebook.

Dessa maneira, se esta é a rede mais utilizada é porque permite muitas ações para execução da sua empresa, seja para que as pessoas conheçam mais a sua marca ou para desenvolver engajamento.

O WhatsApp fica terceiro no uso, com 56% da população.

#6 Dispositivo mais utilizado para acessar o Facebook

Uma porcentagem altíssima de usuários do Facebook acessam a rede usando um smartphone. Do total de 130 milhões de brasileiros que utilizam a rede por mês, 92%  acessam pelo celular.

Percentual esse, que supera a média mundial de 88%, de acordo com informações disponibilizadas pela própria rede

É natural que isso aconteça, uma vez que existem mais celulares do que pessoas no Brasil, mas muito desse fato está atribuído à grande facilidade que o dispositivo proporciona, sendo assim, suas ações devem ser pensadas sempre para o formato Mobile ou projetadas para todos os dispositivos e assim serem responsivas.

Leia também: A relevância de usar o Mobile Marketing para sua empresa

#7 Perfil do público que predomina no Instagram e Facebook

O público feminino é o vencedor de interação nessas duas redes. Dado curioso, pois na média mundial, a maioria dos usuários são homens. No Brasil, são 54% de perfis no Facebook, se declarando mulher.

No Instagram, a média mundial já supera em perfil feminino, chegando em 50,4%, porém aqui no Brasil, as mulheres superam com 59% do público dessa rede.

Um outro número interessante é a porcentagem geral de brasileiros com perfil no Instagram, a própria rede social divulgou que somos em 57 milhões de usuários compartilhando fotos, vídeos e conteúdos na rede o que representa 27% da nossa população.

Como plataforma no Brasil, o Instagram, possui um grau de penetração numa colocação de 14º lugar. Mas, se analisarmos em número bruto, o Brasil aparece na segunda posição, logo atrás dos Estados Unidos,  com 110 milhões utilizando-o.

#8 Os aplicativos mais baixados são de interação social

Em 2017, de acordo com os dados do site App Annie, dos 5 apps mais baixados no Brasil são de interação social:  WhatsApp, Facebook, Facebook Messenger, Instagram e Uber.

Tais aplicativos são utilizados organicamente pelas pessoas, pois geralmente são para lazer ou no caso do Uber por necessidade de locomoção, portanto merecem atenção para que sejam bem aproveitados nas ações das empresas.

No restante do mundo a ordem de downloads é diferente, fica assim: Facebook Messenger, Facebook, WhatsApp, Instagram e Snapchat

Para deixar essa leitura mais rica, leia também sobre: Como você interage com o consumidor nas redes sociais?

Fontes: https://www.techtudo.com.br/noticias/2018/02/10-fatos-sobre-o-uso-de-redes-sociais-no-brasil-que-voce-precisa-saber.ghtmlhttps://marketingsemgravata.com.br/dados-da-internet-no-brasil-em-2018/

Deixe uma resposta