As decisões para evolução na carreira são influenciadas por diversas razões e momentos específicos da vida de cada pessoa. Desse modo, a escolha por fazer uma pós-graduação implica analisar diversos pontos.

Para te dar um norte no assunto, veja três dicas importantes para sua análise e assim decidir-se mais rápido no que for ideal para você.

1 – Defina suas metas

Um bom plano de carreira é estruturado à partir de metas. Sendo assim, antes de mais nada, é preciso refletir em algumas questões, dessa forma, responda as seguintes perguntas:

  • Você está feliz com o que faz?
  • Quais são os desejos para sua carreira?
  • Quais são suas habilidades?
  • O que você realmente gosta de fazer?

Ao final, seus desejos e objetivos pessoais estarão mais claros, e suas metas serão desenhadas a partir de pontos realistas.

Logo, essa reflexão em primeiro lugar faz toda diferença na compreensão do que de fato é importante, e dessa maneira, te ajuda a definir se o curso de especialização é a melhor decisão.

2 – Trace um plano de ação

Depois de realizar o exercício de reflexão, ficará mais simples esquematizar suas metas. Siga essa sequência de raciocínio para desenhar o plano, (recomendamos escrever, onde e como preferir):    

  1. Defina uma meta específica. O que você quer?
  2. Estabeleça um prazo. Quando você quer?
  3. Saiba o que e como fazer. Como alcançar o que você quer?
  4. As metas devem ser desafiadoras e realistas. É algo estimulante e alcançável?

Para finalizar: faça uma lista com os principais detalhes.

Lembrando de estabelecer metas específicas, que possam ser medidas e que sejam alcançáveis!

Os frutos de um bom planejamento sempre será o progresso. Portanto, essa construção esclarecerá quais são seus objetivos de verdade, e o fundamental, dirá se a escolha de uma especialização te realizará como profissional.

3 – Avalie o momento e viabilidade

Na última etapa, avalie o momento e viabilidade para entender situações relacionadas a condições financeiras e localização, momento na carreira, e até o momento da economia do país.

Vamos lá:

1 Condições Financeiras e Localização: a hora certa para o bolso é aquela em que seu salário comporta pagar esse investimento. Aqui entra lista completa das suas despesas, organize uma a uma numa planilha.

A conclusão deve ser uma folga para gastos como: mensalidade, transporte, material didático e também alimentação.

Sobre a localização, de ‘onde’ você escolher fazer o curso, será um ponto importante. Muita atenção se o local é de fácil acesso no fluxo entre seu trabalho e casa para que esse fator não atrapalhe no comparecimento às aulas.

2 Momento na carreira: Em resumo, é saber enxergar as oportunidades. Pode ser que para sua carreira o ideal no momento seja fazer outros tipos de cursos, por exemplo, formações mais rápidas e de menor custo que correspondam a sua área ou algo de maior relevância, como um mestrado.

O que vai trazer mais resultado em conhecimentos aplicáveis para seu trabalho e, com isso, gerar o crescimento profissional desejado?

3Economia no país: a economia é um assunto que as pessoas em geral, esquecem de levar em consideração, no entanto, afeta bastante nas escolhas de longo prazo. A crise em que o Brasil está passando é um grande exemplo, pelo enorme desemprego causado.

É bacana ao menos ter uma noção dos acontecimentos na economia para os próximos anos e assim saber se poderão afetar ou não sua opção em fazer um curso de pós-graduação.

Leia: Como me tornei supervisora de relacionamento na Netfarma

Fontes: Exame –  A magia dos negócios

Deixe uma resposta